retificando

Dessa ou desta? Qual a diferença?

Talvez você já tenha se perguntado: dessa ou desta? Ambas existem na língua portuguesa e estão corretas, mas é preciso saber em que ocasião aplicar cada uma delas.
Dessa e desta correspondem à contração da preposição “de” com os pronomes demonstrativos “essa” ou “esta”.
É bem verdade que muita gente já se deparou com uma situação em que não sabia se utilizava um termo ou o outro. Bem, com você agora não deve estar sendo muito diferente, afinal, é provável que esteja aqui no blogue Retificando para esclarecer exatamente essa dúvida [rs].
Pois continue com a gente que você vai obter dicas valiosas para nunca mais se confundir!

Referência

Primeiramente, precisamos recorrer a um dos conceitos da linguística textual: a Referência, que nada mais é do que um processo no qual é possível recuperar elementos que podem tanto estar dentro quanto fora do texto.
Existem dois tipos referências: as que são exteriores ao texto (exofóricas ou dêiticas) e as que são intrínsecas (endofóricas ou textuais) a ele. Para entender melhor, vamos aos exemplos:
Aquele menino é muito estudioso.
Observe que a palavra aquele, automaticamente nos remete a aspectos que são exteriores ao texto. Quando se fala “aquele menino”, logo se entende que o menino está distante de quem está falando no momento da enunciação.
Esta é a chamada referência exofóricaー mais conhecida dêixisー, pois se encontra fora do texto, ou seja, é preciso recorrer ao contexto, à situação comunicativa, para compreender.
Agora, observe este segundo exemplo:
João é um aluno muito estudioso. O menino é o melhor aluno da classe.
Observe que o termo “O menino” está se referindo a João. Não é preciso recorrer à situação comunicativa para compreender o sentido, pois a referência se encontra no próprio texto. Esta é a chamada referência endofórica ou referência textual.
As referências endofóricas , por sua vez, estão subdivididas em referência textual anafórica e referência textual catafórica.


Referências Anafóricas e Catafóricas

Antes de se assustar com os nomesー que são complicados mesmo!ー, é importante esclarecer que o significado é bem simples.
 A anáfora nada mais é do que a referência a um termo anterior e a catáfora a referência a um termo posterior.
Dê uma olhada nos exemplos abaixo:
“Estudem para não perder de ano!” Essas foram as palavras do professor Francisco.
            Observe que o pronome “Essas” está se referindo a um termo que lhe é anteriorー no caso, a fala do professor Franciscoー, sendo, portanto, uma referência anafórica ou uma anáfora.
Agora, veja a diferença, no exemplo a seguir:
  Estas foram as palavras do professor Francisco: “Estudem para não perder de ano!”
Observe que o pronome “Estas” refere-se a elementos posteriores ao texto, sendo assim, uma referência catafórica ou, simplesmente, uma catáfora.
Concluindo: os pronomes dessa e desta podem ser tanto dêiticos quanto endofóricos (anafóricos ou catafóricos).

Dessa ou Desta em contexto exofórico ou dêitico

Em contexto dêiticoー exofórico, externo ao textoー, dessa e desta estabelecem uma relação longe-perto, ou seja:
     dessa se refere a um elemento que está longe de quem fala:
Estou falando dessa caneta, que está aí, em cima da mesa.
     desta se refere a um elemento que está perto de quem fala:
Estou falando desta caneta que tenho em minhas mãos.


Dessa ou Desta em contexto endofórico ou textual

No contexto endofóricoー textual, intrínseco ao textoー, dessa e desta estabelecem uma relação antes-depois (ou anáfora-catáfora), ou seja:
     dessa se refere a um elemento anterior, sendo também conhecido como pronome anafórico.
Fui casado por 15 anos. Dessa união, nasceram 3 filhos: Maria, Tiago e Pedro.
     desta se refere a um elemento posterior, sendo também conhecido como pronome catafórico.             
                  Preciso destas frutas para fazer uma salada: banana, laranja, maçã e pera.

Recapitulando

Os pronomes dessa ou desta podem se apresentar tanto em um contexto dêitico (situacional, exterior ao texto) quando textual (como o próprio nome já diz, dentro do próprio texto).
Na dêixis, estabelecem uma relação longe-perto (dessa= longe de quem fala/desta= perto de quem fala) e na referência textual, estabelecem relação anáfora-catáfora (dessa= refere-se a um termo que lhe é anterior/desta= refere-se a um termo que lhe é posterior).

Para resumir, podemos fazer o seguinte esquema:
E então? Dúvidas esclarecidas? Propague conhecimento! Divulgue este conteúdo em suas redes sociais!
Fale e escreva melhor pelo bem da língua portuguesa (e pelo seu próprio desenvolvimento humano).
Não perca as dicas abaixo:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.